Editais/Credenciamento

Eixos de Ação

Para Servidores

  • PROTOCOLO

Notícias

19/08/2020

CPPI comemora a marca de mais de 100 mil tubos produzidos para Meio de Transporte Viral - MTV

A conquista faz parte das estratégias da Funeas no combate à Covid-19.

401 

O CPPI - Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos – Localizado em Piraquara, unidade administrada pela Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná - Funeas, comemora a produção de mais de 100 mil tubos para Meio de Transporte Viral - MTV, destinados ao transporte de exames RT-PCR, para identificação da Covid-19.


O MTV, para diagnóstico de vírus respiratórios,  é utilizado para manter as condições adequadas para transporte e conservação da amostra,  até que possa ser analisada no laboratório. Para que isto ocorra, todas as recomendações de coleta e armazenamento devem ser seguidas.


Toda a produção de MTV Covid-19 é entregue diariamente no Lacen-PR (Laboratório Central do Estado do Paraná), que distribui o kit-diagnóstico completo com swabs para as Regionais de saúde e municípios de todo o Estado do Paraná.


O Diretor Presidente da Funeas, Dr. Marcello Augusto Machado,  esteve nesta quarta-feira (19) no CPPI para prestigiar o trabalho realizado e conversar com  os colaboradores envolvidos no projeto, acompanhado pelo Diretor Geral da instituição, Rubens Gusso e pelo Diretor Administrativo, Jairo Queiroz.

 

O farmacêutico Erickson Luiz de Moura, responsável pela Divisão de Produção do CPPI e pelo projeto de MTV, apresentou todas as 6 etapas da linha de produção dos tubos, desde o preparo inicial até a expedição final.

 

Etapas de produção dos tubos MTV

 

A formulação, em que os reagentes são pesados e misturados, formando o MTV; 

A esterilização por vapor úmido, em que o meio formulado torna-se livre de contaminantes; 

O envase, em que o produto esterilizado é colocado em tubos dentro de uma área controlada;  

A rotulagem, em que o produto é identificado ; 

O controle de qualidade, para a verificação da conformidade dos parâmetros de produção; e

 A expedição do produto final, ao Lacen. 

 

“É um trabalho muito importante que estamos prestando para o Estado neste momento de pandemia, ao preparar estes tubos de coleta”, disse a farmacêutica Luciana Potzecki, que coordena o controle de qualidade.

 

O Diretor Geral do CPPI, Rubens Gusso, disse que chegar a esta marca de produção é um marco na nova fase da unidade, “Ultrapassar a marca de mais de 100 mil frascos produzidos de Meio de Transporte Viral, para atender as necessidades de diagnóstico do novo coronavírus no Paraná, representa o primeiro passo para a retomada da capacidade produtiva do CPPI”, comemora Gusso.

 

O Diretor Presidente da Funeas, Marcello Machado, durante a  visita aproveitou para tirar dúvidas sobre a produção e valorizou os esforços das equipes, devido o processo de envase ser todo manual. Destacou também a parceria entre o CPPI e o Lacen, nesta campanha contra a Covid-19.

 

“A parceria entre as entidades fomenta iniciativas de pesquisa e desenvolvimento, em que os bolsistas, viabilizados via ESPP – Escola de Saúde Pública do Paraná, estão sendo preparados para a carreira, de forma a contribuir com a qualificação e o crescimento”, disse Machado. 

 

Retomada da capacidade produtiva do CPPI - Próximas etapas

 

De acordo com o diretor geral, outras etapas já estão programadas para acontecer, como voltar a produzir e distribuir no SUS antígenos para auxílio diagnóstico da Paracoccidioidomicose e Cisticercose,  Antígeno de Montenegro, os Soros Antiloxoscelico (aranha marrom) e Antibotrópico (jararacas), todos com registro na Anvisa.

 

 

Reunião na Prefeitura Municipal de Piraquara

 

402

                                                                                                       Foto: Comunicação Prefeitura de Piraquara

 

 

Durante a passagem por Piraquara, o Diretor Presidente da Funeas, Marcello Machado, foi recebido pelo Prefeito Marcus Maurício de Souza Tesserolli, na sede da Prefeitura, para uma conversa sobre a parceria entre o CPPI e o município.

 

Na conversa o Prefeito destacou os avanços na área de saúde do município e como a instituição tem sido importante para a atender as demandas de imunobiológicos do Estado. “Quem ganha com isso é a população de Piraquara e do Estado”, afirmou o Prefeito, que se colocou à disposição, para colaborar em demandas que estejam ligadas à administração local.

 

O Presidente da Funeas parabenizou o trabalho desenvolvido, que resultou na transformação do município em diversas áreas, "Contem sempre com o apoio da Fundação”, disse Machado.

 

Também estavam na reunião, pela prefeitura, o Vice-Prefeito, Josimar Fróes, a Secretária Municipal de saúde, Glaucia Buss Guimarãres  e o secretário de planejamento e Coordenação Geral, Girlei Eduardo de Lima. Pela Funeas estavam, além do Presidente, o Diretor Geral do CPPI, Rubens Gusso e o Diretor Administrativo, Jairo Queiroz.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.