Editais/Credenciamento

Eixos de Ação

Empregados Públicos FUNEAS

Notícias

06/11/2020

Acompanhamento efetivo da Funeas nas unidades

Atendimento pontual nas unidades possibilita melhoria nos processos.



Hospital Regional do Norte Pioneiro

Desde o início da atual gestão (Janeiro 2019), a Diretoria Executiva da Funeas – Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná, em Curitiba, tem buscado estar próxima das unidades por ela gerenciadas, atuando de forma a proporcionar um atendimento diferenciado, conforme a necessidade de cada uma.


De acordo com o diretor presidente da Funeas, Dr. Marcello Machado, a sede tem mantido contatos frequentes, tanto virtual aqui quanto presencialmente, designando servidores para um acompanhamento pontual, para atender as necessidades, resolver questões técnicas e padronizar processos nestes locais.


“Como as unidades estão distribuídas pelo estado, temos garantido que todas sejam acompanhadas de perto, através das constantes visitas das nossas equipes. Buscamos otimizar os recursos e melhorar a qualidade dos serviços, além de estarmos trabalhando em uma reorganização administrativa para 2021”, afirmou Marcello Machado.


Suporte às unidades – Uma equipe formada pela Assessoria da Presidência e Gerência de Qualidade e Processos da Funeas, esteve nos Hospitais do Sudoeste e Norte Pioneiro, para a transição dos contratos com as equipes médicas, que darão continuidade ao atendimento nas UTI’s Covid-19 e leitos de retaguarda destas unidades.


A partir da Sede, em Curitiba, as demais diretorias da Funeas deram o suporte necessário para a transição, fornecendo dados e documentos conforme a necessidade.


No HRNP – Hospital Regional do Norte Pioneiro, a visita aconteceu entre os dias 25 e 27 de Outubro e foi acompanhada pela Diretora Geral da instituição, Márcia Cristina Altvater Vilas Boas , pelo Diretor Técnico, Dr. Alberto de Camargo Filho, e a Diretora  de Enfermagem Luana Cristina de Souza Ferrari.


A diretora geral do HRNP agradeceu a colaboração da equipe que atuou na transição dos contratos médicos, “mais uma vez demonstraram extrema agilidade na condução dos trabalhos, possibilitando a continuidade da assistência à população da região do Norte Pioneiro, neste momento tão delicado de pandemia”, disse Márcia Vilas Boas.


O Hospital Regional do Sudoeste recebeu a equipe entre os dias 27 e 30 de outubro e atuou em parceria com a Diretora Geral Cintia Ramos, a Diretora Técnica Dra. Carla Patricia Alves e Souza, Sandra Ishikawa, Diretora Administrativa e a Diretora de Enfermagem Cleodete Zanadrea.


Cintia Ramos, Diretora Geral do HRS, informou que a unidade é a única referência para atendimentos de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19 na região, que compreende 27 municípios e, desde o início da pandemia, já foram atendidos 619 pacientes, considerados moderados e graves.


“Tivemos uma empresa habilitada através de credenciamento para atuação junto a UTI Covid-19, e seis empresas credenciadas para atuação junto a enfermaria COVID-19, demonstrando a continuidade dos atendimentos que o Sudoeste necessita”, afirmou Cintia Ramos.


“Agradeço toda equipe da Sede Funeas pelo apoio constante ao HRS, que nos auxiliou para o fechamento de escala da equipe médica para a Ala Covid-19. O interesse público sempre deve prevalecer”, complementou.


A transição apresenta resultados práticos para o atendimento à população, com enfoque aos avanços no fluxo da UTI Covid-19 e leitos de retaguarda destas unidades, que de imediato já apresentam um aumento significativo de atendimentos.


A assessora da Presidência da Funeas, Roberta Rocha, destacou que o envolvimento dos diretores das unidades foi fundamental para a transição dos contratos, e que o atendimento à população é sempre prioridade, de acordo com o planejamento da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná no combate ao novo Coronavírus.


“Estes novos contratos, relacionados à pandemia da Covid-19, tem duração de um ano, e com este avanço a população destas regiões estará amparada neste período, com equipes qualificadas e escalas de profissionais garantidas”, afirmou.


Valorização dos profissionais e segurança do paciente – Outro aspecto positivo, neste momento de transição, de acordo com a Gerência de Qualidade e Processos, é a busca pela justa valorização dos profissionais, reconhecendo a dedicação de todos os envolvidos neste trabalho desde o início da pandemia.


O fornecimento de EPI’S, treinamento contínuo para todas as áreas e manutenção permanente dos equipamentos, promovem segurança aos trabalhadores e, sobretudo, aos pacientes. 


Por: Rafael Hasse

Fonte: Ascom - Serviço de Comunicação Funeas

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.