Editais/Credenciamento

Eixos de Ação

Empregados Públicos FUNEAS

Notícias

28/01/2021

Hospital Infantil promove humanização através da arte

Artista Toto Lopes Funeas Hospital Infantil Waldemar Moniastier
O grupo Medicando Alegria em uma de suas apresentações, antes da pandemia.

Por: Rafael Hasse

A partir de março de 2021 o Hospital Infantil Waldemar Monastier, unidade Funeas em Campo Largo, passa a contar com novo projeto aprovado pela Lei Rouanet, e será desenvolvido pelo artista plástico campolarguense Toto Lopes, com o grupo “Medicando Alegria”.

Estão previstas atividades diárias para os pacientes internados na unidade, além das crianças que aguardam atendimento ambulatorial, através dos universos do circo, teatro e música, que serão desenvolvidos por artistas locais contratados pelo projeto, e de voluntários.

Toto Lopes recentemente teve seu trabalho reconhecido pelo Governo do Estado do Paraná, que presenteou autoridades internacionais com suas obras, que valorizam a cultura paranaense, e poderão ser conhecidas e apreciadas em outros países.

O grupo que já desenvolvia atividades periódicas no HIWM, principalmente em datas específicas, como o dia das crianças, buscou apoio de empresas da região de Campo Largo, que acreditaram no projeto e aderiram à Lei Rouanet, do Governo Federal, como é o caso da Incepa, fabricante de porcelanatos e revestimentos e da Cimento Itambé.

Toto Lopes destacou, durante visita à sede da Funeas, em Curitiba, na quarta-feira (27), para apresentar os detalhes do projeto, que as atividades serão desenvolvidas de segunda a sexta-feira, pela manhã, dias de maior fluxo de crianças e acompanhantes, e respeitarão todos os protocolos de segurança do paciente, principalmente sobre o distanciamento social, para prevenção da Covid-19.

“Queremos levar a arte e dar a oportunidade de se conhecer o teatro e a música em um local delicado, levar a alegria e beneficiar até mesmo na recuperação dos pacientes, para a felicidade dos acompanhantes e funcionários”, disse o artista.

O diretor presidente da Funeas, Dr. Marcello Machado, ressaltou que o processo de internação de um paciente, especialmente de uma criança, é um momento de muita tensão e este projeto traz humanização ao atendimento, favorecendo a recuperação.

“Proporcionar estas atividades e ajudar as crianças não tem preço. Agradecemos, em nome da Funeas, da Secretaria de Saúde do Paraná, e do secretário, Dr. Beto Preto, a disponibilidade do artista Toto Lopes, de sua equipe, e das empresas que acreditaram neste projeto”, afirmou Marcello Machado.

Marcello Machado e Toto Lopes

Toto Lopes e o diretor presidente da Funeas, Dr. Marcello Machado


Histórico do artista no HI — Logo que o Hospital Infantil foi inaugurado, em 2009, o artista já se prontificou a trabalhar voluntariamente no hospital. De lá para cá, após onze anos de voluntariado, o seu legado na instituição transformou o dia a dia da unidade, que ganhou mais cor e alegria.

Seu trabalho inclui desde a animação das crianças como palhaço, pintura de paredes internas, nos corredores, UTI’s, e enfermarias, com desenhos diversos e os motivos oficiais do HI, decoração do jardim e fachada, sempre com materiais adquiridos com recursos próprios e parcerias.

Ao longo dos anos com a evolução do trabalho e a necessidade de ampliar o atendimento, Toto Lopes reuniu diversos artistas, e surgiu o grupo “Medicando Alegria”, que proporcionou aos pacientes do hospital novas experiências, através de apresentações de circo, música e teatro, sempre de forma voluntária.

No último semestre de 2020, mesmo em meio à pandemia, onze quartos de enfermarias ganharam quadros novos, que foram pintados pelo artista, trazendo vida às paredes e proporcionando ambientes alegres e propícios a uma estadia melhor e humanizada.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.