Editais/Credenciamento

Eixos de Ação

Empregados Públicos FUNEAS

  • Lei Geral de Proteção Dados Pessoais-LGPD

Notícias

13/11/2021

A força do voluntariado

Voluntariado FUNEAS - Hospitais


O voluntariado traz inúmeros benefícios para quem pratica e para quem recebe este tipo de trabalho, que impacta pessoas, instituições e comunidades. A prática se traduz tanto em ações individuais, como servir refeições a necessitados, e aconselhamento, por exemplo, como no desenvolvimento de grandes projetos em grupo, institucionais, que muitas vezes transformam cidades inteiras.

Nas unidades da rede FUNEAS, a força voluntária se faz presente para auxiliar em diversos serviços essenciais, reforçando o trabalho das equipes empenhadas no atendimento à população, em suas diversas áreas.

Em cada uma delas, um contingente de pessoas que doam o seu tempo e amor para beneficiar outras pessoas, que geralmente não conhecem, mas que consideram dignas de receber apoio e um pouco de atenção, como é o caso da Associação Cristã, que atua no Hospital Regional do Norte Pioneiro, em Santo Antônio da Platina, que produz e doa sapatinhos, roupinhas e meias para as crianças internadas.

Devido a pandemia Covid-19 o acesso às instalações hospitalares ficou restrito, impossibilitando, em determinados momentos, a entrada do voluntariado às dependências. No entanto, este trabalho está gradativamente se recompondo e voltando à sua frequência normal, graças ao empenho da Secretaria da Saúde do Paraná na vacinação da população.

José Augusto Chezanosk, Chefe de hotelaria hospitalar do Hospital Infantil Waldemar Monastier - FUNEAS, em Campo Largo, coordena a força voluntária da unidade, com o apoio de sua equipe, e frequentemente realiza capacitações nesta área para os interessados.

Antes da pandemia, em um destes treinamentos, foram capacitados aproximadamente 120 voluntários em uma única sessão, para atuar com os pacientes pediátricos da unidade, em serviços variados, que vão desde recreação nas recepções, até ações especiais em datas comemorativas.

“O voluntariado é fundamental para a o dia a dia de uma unidade hospitalar, pois se dedica ao trabalho que muitas vezes não é possível ser realizado pelos profissionais, empenhados na área assistencial. São pessoas que amam o que fazem, e a quem temos imensa gratidão”, disse Chezanosk.

O artista plástico Toto Lopes atua neste serviço desde a fundação do Hospital Infantil, há onze anos, contribuindo de diversas formas durante este período, como na revitalização da pintura de motivos infantis, em áreas internas e externas do HI. Recentemente o artista fundou o grupo “Medicando Alegria”, que visita o local com atrações teatrais e circenses, que alegram e encantam as crianças.

“A oportunidade de tornar o dia das pessoas mais alegre, feliz e confortável, mesmo em um momento difícil, é a principal recompensa como voluntário, pois essa atitude nos faz saber que podemos contribuir para amenizar esse período, para os pacientes, familiares e funcionários”, confessa o artista.

O Diretor-presidente da FUNEAS, Dr. Marcello Machado, disse que em todas as unidades da rede a força voluntária coopera, juntamente com o trabalho dos funcionários, para a humanização do atendimento, oferecendo serviços importantes e necessários.

“O voluntariado é sempre bem-vindo em cada um dos nossos hospitais, pois são aliados dos profissionais que atuam nestes locais, proporcionando conforto e bem estar, auxiliando na recuperação dos pacientes. Todos estão de parabéns pela dedicação. Muito obrigado.” Finaliza.


Fonte: Ascom - Serviço de Comunicação Funeas

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.